Escola de São Francisco Transformada pelo Poder da Meditação

Ter, 20 de Janeiro de 2015 04:02
| Imprimir |

Silêncio não é algo que as pessoas geralmente associam com ensino médio, mas duas vezes por dia os corredores da Visitacion Valley School em San Francisco, caem em tranquilidade quando a sexta, sétima e oitava séries meditam por 15 minutos.

Os administradores da escola disseram para a NBC News que a violência do lado de fora da escola, que está situado em um dos bairros mais pobres de São Francisco, se extendeu para dentro da escola, afetando comportamento dos alunos.

"As crianças veem armas diariamente", diz o diretor de esportes da escola, Barry O'Driscoll, acrescentando: "Há brigas aqui de três a cinco vezes por semana."

Como os dias na escola geralmente são cheios de caos, O'Driscoll estava cético quando o Distrito Escolar Público de São Francisco em parceria com o Centro de Bem-Estar e Realizações em Educação, para introduziram um programa de meditação, chamado "Tempo tranquilo", em quatro de suas escolas, incluindo Visitacion Valley.

"Eu pensei que isso era um coisa hippie que não funcionou nos anos 70, então, como é que vai funcionar agora?", disse O'Driscoll. Mas ele mudou de opinião, quando ao longo de um período de quatro anos, as suspensões diminuiram 79% e a frequencia e o desempenho acadêmico visivelmente aumentaram.

Algumas quadras dali na Burton High School que uma vez que foi apelidado de "Fight School", os resultados foram semelhantes. O diretor Bill Kappenhagen estava cético no início e também teve que lidar com o problema implementando meia hora para reflexão silenciosa.

"Eu estava tipo, 'Não há nenhuma maneira, vou roubar o tempo de das aulas Inglês ou matemática, para fazer isso", disse Kappenhagen.

Em vez disso, ele decidiu prorrogar o dia na escola mais 30 minutos para o tempo de meditação, o que resultou em um melhor desempenho acadêmico e uma redução de 75% em suspensões. E os estudantes dizem que estão mais conscientes de suas ações, mais calmos e menos irritados.

Enquanto Kappenhagen reconhece que "não há nenhuma varinha mágica na educação, assim como na vida," a meditação foi descoberta para aumentar o foco e estimular uma sensação de calma, não apenas durante o tempo de silêncio, mas também para o resto do dia, de acordo com com a Clínica Mayo.

Kappenhagen diz que ele sabe que não pode mudar o ambiente em que os alunos vivem quando não estão na escola, mas ele está feliz porque ele descobriu uma forma de "ajuda-los a encontrar maneiras de lidar com a violência o trauma e o estresse da vida cotidiana".

Fonte: http://www.nbcnews.com/nightly-news/san-francisco-schools-transformed-power-meditation-n276301